Unisanta envia 18ª turma de alunos de Engenharia para intercâmbio na França


Turma 18 do projeto Toulouse UnisantaNeste sábado, dia 22/6, 14 estudantes e três professores de Engenharia da Universidade Santa Cecília (Unisanta) embarcam com destino à Europa, onde participarão do intercâmbio internacional em um dos mais importantes centros de pesquisa em microeletrônica do mundo, o Instituto Nacional de Ciências Aplicadas de Toulouse (INSA), na França.

Eles fazem parte da 18ª turma enviada pela Unisanta à França para estágio no Ateliê Interuniversitário de Microeletrônica (AIME), que recebe apenas, além dos estudantes brasileiros, alunos da França e da Espanha. Durante uma semana, os universitários participarão de todo o processo de fabricação de circuitos integrados (chips), produzindo esses componentes eletrônicos com o uso da nanotecnologia. No total, eles permanecerão 15 dias na Europa, entre França, Espanha e Inglaterra.

Participam os seguintes alunos de Engenharia Eletrônica, Elétrica, de Telecomunicações e de Computação: Vinícius Mesquita do Nascimento, André Oliveira de Amorim, Ana Carolina Santana Ferreira, Monique Pereira Hurtado Sierra, Lucas Arruda Ramil dos Santos, Rafael Costa Martins, Leandro Salles, Steffano Festa, Bruno Lopes Mendes, Anderson Alberto Souza, Raphael Adamelk Bispo de Oliveira, Girlaine Franco da Silva, Natthan Caba Torci e Kauan Rodrigues Torci. Acompanham a equipe os professores Djalmir Correa Mendes (supervisão), Walkíria Reche e Rafael Urbaneja.

Expectativa – Monique Pereira Hurtado Sierra, 23 anos, aluna do 5º ano de Engenharia Eletrônica, fará sua primeira viagem internacional e não esconde a ansiedade em participar do intercâmbio e conhecer um pouco da cultura europeia. “Tomei conhecimento desse intercâmbio internacional logo que entrei na Faculdade, mas decidi participar da seleção agora no final do curso para obter mais conhecimento teórico e aproveitar ainda mais o estágio na França”, contou a futura engenheira, que fez as aulas extras, aos sábados, ministradas pelo professor Mendes durante quase um ano.

A universitária já trabalha na área de Tecnologia de Informação (TI) numa grande empresa do polo de Cubatão e acredita que a experiência irá contribuir para seu crescimento profissional. “Tenho planos de seguir também a carreira acadêmica, por essa razão quero fazer mestrado logo que voltar de Toulouse”. Em relação ao contato com outras culturas, Monique revela que tem grande desejo de conhecer os museus europeus e confessou sonhar com a viagem desde o ano passado. “Estou até vendo filmes para antecipar o que vou ver pessoalmente”.

A vontade de fazer o estágio na França levou Steffano Festa, 22 anos, estudante do 2º ano de Engenharia de Computação, a buscar aulas de uma disciplina de outro curso, Engenharia Eletrônica. “Queria ter o máximo de informações técnicas para acompanhar melhor o curso preparatório dado ao grupo selecionado para o intercâmbio”. Também viajando ao exterior pela primeira vez, o jovem estudante destacou a importância de estar na Unisanta. “Ser a única universidade brasileira a possuir esse intercâmbio internacional faz da Unisanta uma instituição diferenciada”, comentou.

Outro integrante da comitiva brasileira, Vinícius Mesquita do Nascimento, 21 anos, terá a oportunidade de estagiar na França pela segunda vez. Formando de Engenharia Eletrônica, Nascimento afirma que obteve um conhecimento muito grande quando esteve pela primeira vez em Toulouse, mas agora que está terminando a Faculdade poderá extrair ainda mais informações. “Estou voltando para aprender mais sobre a nanotecnologia”.

De acordo com o professor Mendes, grande parte dos integrantes da viagem entrou na Unisanta já sonhando em participar do intercâmbio que a Instituição mantém com o centro de pesquisas francês. “Somos referência em formação na área de microeletrônica no país, devido à experiência adquirida na Europa. Mais de 200 alunos de Engenharia da Unisanta já passaram pelo projeto Toulouse”, destacou.

Durante a entrega do documento emitido pelo governo da França e que oficializa a participação no intercâmbio, a reitora da Unisanta, Sílvia Teixeira Penteado, ressaltou a oportunidade que o grupo terá de enriquecimento científico e cultural. “Vocês têm o privilégio de participar de um projeto que proporciona um enorme diferencial na formação profissional e intelectual. Nenhuma outra instituição de ensino brasileira é credenciada para esse estágio em Toulouse, fato que os coloca em uma posição diferenciada no mercado de trabalho”.

O perfil profissional adquirido pelos alunos da Unisanta e que chama a atenção das empresas foi destacado pela presidente da universidade, Lúcia Teixeira Furlani. “É uma alegria enviar mais um grupo de cecilianos à França, possibilitando que tenham contato com o que há de mais moderno em tecnologia na área de microeletrônica, além da imersão em uma cultura tão importante como a europeia”.

O resultado, complementou a educadora, temos comprovado ao longo de mais de cinco décadas de existência do Complexo Educacional Santa Cecília. Alunos com excelente formação acadêmica e pessoal, dos quais temos muito orgulho, e que são procurados por grandes empresas do País e do exterior.