Professores e ex-alunos dos cursos de Engenharia da Unisanta são co-autores em publicação científica internacional


GLPA: capítulo 15 do livro “Expert Systems for Human, Materials and Automation”Os professores dos cursos de Engenharia e também dos Programas de Mestrado da Unisanta João Inácio da Silva Filho, Mauricio Conceição Mario, Luis Fernando Ferrara e Dorotéa Vilanova Garcia, o coordenador do curso de graduação em Biologia Marinha e também professor dos Programas de Mestrado da universidade, Camilo Dias Seabra Pereira, além dos ex-alunos de Engenharia de Computação Ana Carolina Agari e Odair Pitoli Jr., integrantes do Grupo de Lógica Paraconsistente Aplicada (GLPA), sediado na Unisanta, são autores do capítulo 15 do livro “Expert Systems for Human, Materials and Automation”. Editado por Petrică Vizureanu, da University of Iasi (Romênia), o livro é distribuído pela editora InTech em versão impressa e também em formato eletrônico, através do sistema “open access” (acesso gratuito).

Intitulado “An Expert System Structured in Paraconsistent Annotated Logic for Analysis and Monitoring of the Level of Sea Water Pollutants”, o trabalho apresenta um sistema especialista elaborado com base nos fundamentos da Lógica Paraconsistente Anotada (LPA) no auxílio ao processo de detecção de estresse fisiológico em organismos expostos à poluição da água.

“Os organismos em questão são bioindicadores do tipo mexilhões que, através de um processo de análise de suas células, podem indicar o nível de poluição marinha no local da coleta”, explica João Inácio da Silva Filho, professor dos cursos de Engenharia da Unisanta e co-autor do texto. Inácio, que também é membro do de Lógica e Teoria da Ciência do Instituto de Estudos Avançados da USP (IEA/USP), acrescenta que este é o primeiro trabalho, em âmbito mundial, a utilizar um sistema especialista baseado na LPA para auxiliar na análise do estado destes organismos biológicos, realizando a classificação de níveis de poluição da água do mar.

Convite – De acordo com o professor Inácio, a publicação do capítulo que trata da aplicação da lógica paraconsistente em processos ecológicos nasceu de um convite feito pela editora InTech aos pesquisadores do GLPA em 2010. “Isso aconteceu depois que uma parte deste trabalho, totalmente desenvolvido na Unisanta, foi apresentada em um congresso na Espanha”. A InTech, que atua no mercado desde 2004, é uma editora multidisciplinar de livros e jornais que cobre diversos campos da ciência, tecnologia e medicina com o intuito de disseminar pesquisas acadêmicas de alta qualidade. Contando com um acervo de mais de 740 publicações gratuitas disponíveis, a editora é atualmente uma das líderes no mercado de livros de livre acesso, publicando quatro jornais científicos e mais de 200 livros por ano.

GLPA – Coordenado pelo professor João Inácio da Silva Filho, doutor pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (POLI/USP), o Grupo de Lógica Paraconsistente Aplicada (GLPA), sediado na Unisanta, é um dos principais grupos de pesquisa na área, de posição nacional e internacional. Composto por diversos professores ligados aos cursos de Engenharia, o grupo edita a revista científica Seleção Documental e realiza pesquisas sobre aplicações das Redes Neurais Artificiais Paraconsistentes em Sistemas Especialistas e Robótica.